segunda-feira, outubro 03, 2011


E das levezas, meu amor, eu quero todas.

Tem dias que a gente se sente como se fosse metade, faltando a outra parte sem saber onde foi que perdeu. A dor se instala num cantinho apertado do coração e lá pede sala e café. Momentos esses que trazem abismos pros pés. Cicatrizes que vêm de encontro com um futuro limpo. Pequenas amarguras embrulhadas em papel de seda. Canetas vermelhas que não saem do bolso. Só que já decidi que o amanhã sou eu que faço. Não me despedaço, nem viro farelo não. Porque se sobrou espaço no coração é pra amar melhor, decidir com sabedoria daqui pra frente quem é que vai entrar e quem tem que sair. E das levezas, meu amor, eu quero todas. Cansei de gente pesada que traz chumbo pra vida da gente. Cansei de cara amarrada, de sorriso forçado e amarelo. Eu quero saber é daquele brilho no olho, sorriso escancarado, aperto de mão. E isso, sim, cabem direitinho, aqui e ali... aonde quer que a gente vá.
7

7 Comentários:

DANI disse...

Bom diaaa Dani...

*e das levezas, meu amor, eu quero todas. Cansei de gente pesada que traz chumbo pra vida da gente!...*

adoreiiii...

tenha uma excelente semana, bjsss

Larissinháa. disse...

Nossa como vc sabia que e utava assim hj kkk?

Poupée Amélie™ disse...

Coração é lugar para armazenar coisas boas!
BeijO*

Danielle Oliveira! disse...

Lari, Dani, Poupée

Um Outubro Esplendoroso procês! :*

Lis disse...

Daniiii saudadessssss minha super parceiraaaa

que outubro seja cheiinho de coisas boas né merecemossss

bjosssss

Lis disse...

Daniii saudadesss minha super parceiraaaa rs

que Outubro seja cheiinho de coisas boassss..merecemos né

bjossss

Mariana disse...

Obrigada flor

Tudo de bom pra vc também

Muita paz, saúde
td de bom sempre
pra vc

Bjão


http://meuryss.blogspot.com/