sábado, abril 21, 2012


O amor é poá.


"O amor é poá. Cada bolinha é uma palavra: convivência, companheirismo, afeto, delicadeza, respeito, paciência, admiração, carinho, tesão, intimidade, amizade, lealdade, sinceridade, fidelidade, e por aí vai. O amor é uma eterna tentativa. É a busca por mais uma bolinha. É querer preencher os espaços, o vazio, o fundo de uma só cor. O amor é poá. E a gente completa ele do jeito que quiser. Lá na frente o destino aparece e nos explica tudo. Sigo com meu coração entre os dedos e alguma solidão embaixo do braço. A saudade é bonita só na poesia. Na vida real ela anda. Depois de tanto amanhecer na sarjeta, finalmente entendi: meu coração é vagabundo. Não sei me dar pela metade ou por partes: eu transbordo. Eu gosto de palavras claras e sentimentos puros. No fim, é aquela velha história: é você e seu coração."

1

1 Comentários:

Tatianna Reiniger Novaes disse...

Estou conhecendo agora essa escritora e, simplesmente, me apaixonando pelos textos dela.

Adorei o blog, principalmente o layout dele. Gostaria de saber fazer com que o meu blog tivesse um tão criativo assim :) E as músicas são ótimas.

Beijos