quarta-feira, agosto 24, 2011


Você Ama Por Todos!

Mas a sua cabeça gosta do ombro dele. A sua orelha encosta em algum lado; direito, esquerdo. A curva do seu nariz se encontra com a curva do pescoço dele e lá tem um perfume que ninguém mais tem. Quando ele fala gesticula sensualmente as mãos, com a pose-de-sabe-tudo-de-tudo-de-tudo. Ele ri que nem criança. Sorri sorrisos diversos, intensos, inteiros, completos. Quando fala de algum assunto importante se concentra de um jeito inexplicável, viaja para outro mundo – e ainda te leva no colo. E ele coça o nariz de um jeito infantilmente ingênuo e divertido. A forma como ele ajeita o cabelo é particularmente meiga. E tem o abraço. Eu já falei dele, mas preciso repetir: o abraço é o rei dos abraços. Aham, entenda, ele é bom mesmo. O amor não dá frio na barriga: ele te aquece por completo. E você vê que hoje ama por todos os amores que não teve, por todos os amores que existem na televisão, nas esquinas, nas letras de música, nas declarações em karaokês, nas calçadas riscadas de giz, nas telas do cinema. Você ama por todo mundo que ama e é correspondido, por todos que amam em segredo, por todos que amam e não são amados. Por todo mundo que sonha em ter um amor assim, tão completo, em sintonia, que dá a mão, que ri, chora, anda de balanço, dança sem música, caminha na chuva, escuta os silêncios, dá colo, o braço, o abraço.'
3

3 Comentários:

Tati Nanda disse...

oowwn que lindooo!!!
Ameiii.

lindo e delicado.


abraçooos

http://zonzobulando.blogspot.com/

Paula Pacheco disse...

Dani, vc é quem escreve tudo isso? Parabens, admiro quem tem esse dom, to seguidora,
bjs
Paula

Danielle Oliveira! disse...

Oi Paula, amor eu escrevo muito pouco, a maior parte são textos com os quais eu me identifico!

Feliz com sua visita!